Boris Johnson tenta, pela quarta vez, forçar eleição geral antecipada


Primeiro-ministro britânico julga que ela será necessária para acabar com o impasse sobre o Brexit. Ontem, o governo de Johnson, que não tem maioria no Parlamento, não conseguiu garantir o apoio de dois terços da casa para realizar uma eleição em 12 de dezembro. Hoje, ele decreta um tipo diferente de lei, que exige apenas maioria simples. Johnson prometeu que não vai buscar nenhuma legislação destinada a implementar o acordo do Brexit antes de uma eleição geral.

Comentários

Mais lidas da semana

Academias e bares abertos dependem da população

Transforma Minas abre vaga para subsecretário de Direitos Humanos

Educação disponibiliza quarto volume do PET

BDMG abre cadastro para 2ª fase do Pronampe e anuncia nova linha de crédito para pequenas empresas

Estado começa obras para conclusão do Anel Viário de Sete Lagoas