Postagens

SES-MG determina suspensão de cirurgias eletivas

Imagem
  A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) determinou, no sábado (13/2), a suspensão de cirurgias eletivas não essenciais para as redes pública e privada contratada e conveniada com o Sistema Único de Saúde (SUS) nas macrorregionais Centro, Jequitinhonha, Leste do Sul, Noroeste, Triângulo do Norte, Triângulo do Sul e Vale do Aço. A medida não se aplica ao paciente cardíaco ou oncológico de maior gravidade, cabendo ao médico especialista atestar que o atraso da cirurgia ou do procedimento cirúrgico poderá aumentar o risco de mortalidade. “Há algum tempo a secretaria vinha recomendando a suspensão das eletivas, mas agora entendemos que deveríamos suspender dado o momento da pandemia”, explica o chefe de gabinete da SES-MG, João Pinho. Exceto a macrorregião do Vale do Aço, todas as outras afetadas pela  suspensão estão na onda Vermelha do plano Minas Consciente. A determinação é uma ação preventiva da para evitar o esgotamento da rede pública de assistênci

Minas Gerais monta operação para dar respostas rápidas no Triângulo do Norte

Imagem
  O momento de atenção para a covid-19, por qual passa a macrorregião do Triângulo do Norte, tem sido acompanhado de perto e de forma ágil pelo Governo de Minas , que tem trabalhado para que todos os pacientes tenham assistência médica adequada. As consequências da pandemia na região têm mobilizado os profissionais da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e de outros órgãos.  Nesse fim de semana, a equipe do Sistema Estadual de Regulação Assistencial esteve presencialmente em Coromandel e transferiu cinco pacientes do município e outros quatro de Monte Carmelo para Divinópolis, na região Oeste do estado. Outras pessoas também foram transferidas ao longo da semana passada. Conforme o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, o Estado tem agido rapidamente para que não haja desassistência. Para isso, nos últimos dias, contou com a parceria do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e do governo federal. “Mobilizamos médicos e enfermeiros para a assistênci

Nova regra favorece pequenos avicultores mineiros

Imagem
  O  Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) , vinculado à  Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) , publicou a Portaria nº 2038 alterando a regra de distanciamento entre granjas avícolas comerciais. A partir de agora, apenas granjas de postura e de corte com mais de mil aves alojadas devem adotar distância mínima de três quilômetros entre as unidades produtivas. A nova regra favorece pequenos avicultores, que não precisam mais se adaptar à antiga exigência. Com menos de mil aves no galpão, eles ficam isentos de seguir a medida aplicada anteriormente a todos os estabelecimentos. O distanciamento entre granjas foi proposto pela Associação de Avicultores do Estado de Minas Gerais (Avimig), na tentativa de resguardar o plantel avícola industrial. O distanciamento mínimo entre as unidades produtivas fortalece a biosseguridade. Novos empreendimentos A portaria ainda define que a construção de novos empreendimentos avícolas, e também a amplia

Marinha e PF apreendem barco com cocaína na costa de Pernambuco

Imagem
  Um veleiro catamarã com grande quantidade de cocaína foi apreendido pela Marinha e pela Polícia Federal na costa de Pernambuco. O barco, que ia em direção à Europa, foi interceptado a 270 quilômetros da costa do Recife. Cinco tripulantes que estavam no interior da embarcação foram presos. Eles estão sendo conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco e serão investigados pela Polícia Judiciária. A quantidade de droga apreendida só será informada após a divulgação dos dados finais da operação. A ação foi coordenada com agentes de Portugal, dos Estados Unidos e do Reino Unido, que repassaram dados de inteligência às autoridades brasileiras. O veleiro foi apreendido pelo Navio-Patrulha Oceânico Araguari, que carregava militares da Marinha e policiais federais do Grupo de Pronta Intervenção, que participaram desde o início das ações. O navio-patrulha está conduzindo a embarcação de volta à costa brasileira. Os órgãos estrangeiros que colaboraram com o

Covid-19: país tem 9,8 milhões de casos acumulados e 239,7 mil mortes

Imagem
  Foto: Andrea Rego Barros O balanço divulgado nesta segunda-feira (15) pelo Ministério da Saúde registra 32.197 novos diagnósticos de covid-19 em 24 horas. Este dado  eleva para 9.866.710 o número de pessoas  infectadas pela doença desde o início da pandemia no país. Ontem (14), o painel de estatísticas marcava 9.834.513 casos acumulados. Já as mortes pelo novo coronavírus ao longo da pandemia aproximam-se da marca de 240 mil. Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 528 novos óbitos, totalizando 239.773. Ontem (14), o painel de informações marcava 239.245 mortes acumuladas. O balanço apontou também 821.698 pacientes em acompanhamento e 8.805.239 que já se recuperaram da doença. Covid-19 nos estados Os estados com mais mortes incluem São Paulo (56.304), Rio de Janeiro (31.512), Minas Gerais (16.887), Rio Grande do Sul (11.387) e Ceará (10.836). As unidades da Federação com menos óbitos são Acre (931), Roraima (976), Amapá (1.106), Tocantins (1.457) e Rondôni

Brasil colaborará com diretora da OMC para promover livre comércio

Imagem
  Foto: Marcello Casal Jr O Brasil está pronto para colaborar com a nova diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Ngozi Okonjo-Iweala, afirmou o Ministério das Relações Exteriores, em nota, divulgada hoje (15). O Itamaraty disse que “congratula-se com os demais países-membros da OMC pela escolha de Okonjo-Iweala”, em reunião extraordinária virtual do Conselho Geral realizada hoje (15). Segundo o ministério, o trabalhará, em colaboração com Okonjo-Iweala “para fortalecer a OMC em sua missão fundamental de promover o livre comércio entre economias de mercado; estimular as reformas necessárias à organização nos seus três pilares - negociações, solução de controvérsias e transparência; e assegurar resultados realistas e ambiciosos na 12ª Conferência Ministerial da OMC em 2021, especialmente em agricultura”, diz a nota. O Itamaraty acrescenta que o “Brasil continuará trabalhando por um sistema multilateral de comércio com regras que favoreçam a prosperidade

Média móvel de mortes por covid-19 tem recorde neste domingo

Imagem
Foto: Itamar Crispim   A média móvel de mortes por covid-19 dos últimos sete dias no Brasil atingiu 1.101,57 óbitos neste domingo (14), o que é um recorde. Antes disso, o patamar mais elevado foi registrado em 25 de julho, quando alcançou 1.096,71 mortes. Os dados são do indicador Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os pesquisadores consideram o indicador da média móvel muito importante para avaliar a tendência da pandemia no país, com menor interferência das oscilações diárias. O cálculo é feito a partir do número de mortes registradas nas últimas 24 horas, somadas às que ocorreram nos seis dias anteriores. O resultado é dividido por sete. Ainda conforme a divulgação atualizada do Monitor Covid-19, a média de 15 dias antes desse novo recorde era 1.071,43 de vítimas da doença e a de 30 dias anotada no dia 15 de janeiro ficou em 969,43 óbitos. Já no número de casos no Brasil, o indicador mostra que a média móvel registrada ontem ficou em 44.267,57. O