2021 é última oportunidade dos Jogos de Tóquio, diz membro do COI


O canadense Dick Pound, o membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional (COI), disse em entrevista publicada nesta terça (21) pela agência de notícias japonesa Kyodo News que, na sua opinião, 2021 é a última oportunidade de os Jogos Olímpicos acontecerem em Tóquio.

“Acho que a única chance de os jogos ocorrerem em Tóquio é 2021”, declarou Pound, que segue a posição assumida pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, em maio. Os Jogos de Tóquio foram remarcados para o período de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Segundo o dirigente: “Está muito claro que não podem [Jogos Olímpicos] ser adiados para além de 2021 […]. Em certo sentido, [2021 é] possível, certamente não é inviável, acho que todos os envolvidos nos jogos preferem fazer isso do que ter um cancelamento”.

Na entrevista, Pound também falou da expectativa de que a pandemia do novo coronavírus (covid-19) afaste torcedores de outros países: “Não sabemos quais serão as restrições de viagem [em 2021], se existem alguns países que podem não ter permissão para viajar ou entrar no Japão. Isso precisa ser decidido com base na avaliação científica de risco. País a país”.

Isto faz com que o dirigente espere uma edição dos Jogos totalmente diferente: “Acho que não serão as Olimpíadas no sentido em que as entendermos”.

Comentários

Mais lidas da semana

Presidência da República registra 178 casos de covid entre servidores

Queda no comércio global deve ficar em 13%, diz diretor-geral da OMC

Programa de estágio da SES-MG abre as portas para futuros médicos

Núcleos que atendem familiares de detentos voltam ao atendimento presencial

Jovens do Socioeducativo de Uberlândia aprendem profissões