Postagens

Mostrando postagens com o rótulo AIEA

Agência vai ajudar países em desenvolvimento a detectar coronavírus

Imagem
A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) planeja ajudar países em desenvolvimento a conduzirem testes de detecção do novo coronavírus, com o emprego de tecnologia derivada da indústria nuclear. Nessa segunda-feira (9), o diretor-geral da agência, Rafael Mariano Grossi, anunciou o plano durante uma reunião do conselho de administração da entidade em Viena, na Áustria. Grossi afirmou que a Agência Internacional de Energia Atômica mantém contato permanente com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras entidades para lidar com a disseminação global do coronavírus. Ele informou que 14 países na África, Ásia e de outras regiões solicitaram apoio até o momento. Segundo o diretor-geral, cientistas desses países passarão pelo primeiro curso de treinamento em tecnologias de detecção dentro de algumas semanas. Os participantes aprenderão a lidar com testes de reação em cadeia da polimerase, com transcrição reversa em tempo real (RT-PCR). O método de diagnóstico emprega uma técnica

Aiea: Irã está aumentando produção de urânio de baixo enriquecimento

Imagem
O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), Yukiya Amano, disse que está preocupado com as crescentes tensões causadas pela produção de urânio no Irã. A reunião da diretoria da agência teve início em Viena, na Áustria, nessa segunda-feira (10). Amano afirmou, em entrevista, que a taxa da produção de urânio de baixo enriquecimento do Irã está aumentando. No mês passado, o Irã anunciou que estava voltando atrás em alguns compromissos assumidos no acordo nuclear de 2015, firmado com potências mundiais. Autoridades nucleares iranianas revelaram ter ampliado a capacidade do país de produzir urânio de baixo enriquecimento. As observações de Amano são feitas em meio aos temores de que o Irã poderá exceder os limites de armazenamento estabelecido pelo acordo, caso sua produção continue no atual passo. Amano exortou os países relevantes a tentar encontrar um meio para diminuir as tensões através do diálogo. O Irã, que passa por dificuldades econômicas por causa das sa