Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Empréstimo

Tesouro deve pedir recursos do BC ainda este mês, diz secretário

Imagem
  A restrição de dinheiro em caixa provocada pelos gastos com a pandemia do novo coronavírus deverá fazer o Tesouro Nacional pedir transferência de recursos cambiais excedentes do Banco Central (BC), disse hoje (18) o novo secretário do órgão, Bruno Funchal. Segundo ele, o pedido será feito ao Conselho Monetário Nacional provavelmente ainda este mês. “A gente está em uma situação na qual, quando a gente olha exatamente para situação trazida pela pandemia, a gente consegue ver essa severa restrição de liquidez. Faz todo o sentido a gente olhando essas mudanças severas no mercado, bastante específicas, levar esse tema para o Conselho Monetário Nacional, e é isso que o Tesouro está fazendo”, declarou Funchal em videoconferência promovida por um banco. No fim deste mês, o BC divulgará o lucro do primeiro semestre. O resultado deve vir inflado pela desvalorização do real, que acumula alta de cerca de 35% em 2020

Câmara aprova MP que dispensa documentos para pedido de empréstimo

Imagem
  A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (18) a Medida Provisória 958/20, que dispensa os bancos públicos de exigir de empresas e de pessoas físicas uma série de documentos fiscais na hora da contratar ou renegociar empréstimos. A matéria segue para a análise do Senado. Ao ser editada, em abril, o governo federal argumentou que a medida foi necessária porque diversas empresas estavam com dificuldades burocráticas para terem acesso a linhas de crédito oferecidas pelo Banco do Brasil, pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) durante a pandemia de covid-19. Inicialmente prevista para vigorar até setembro, o texto do relator deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR), ampliou a data limite para 31 de dezembro de 2020 ou até quando durar o estado de calamidade pública provocada pela covid-19. As micro e pequenas empresas terão prazo ainda maior, de até 18

Banco latino-americano empresta US$ 350 mi para Ministério da Economia

Imagem
  O Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) aprovou um empréstimo de US$ 350 milhões para o Ministério da Economia aplicar nas medidas de enfrentamento à crise provocada pela pandemia no novo coronavírus. O financiamento complementará as ações do governo em curso que reduzam o impacto sobre os setores econômicos e sociais mais vulneráveis, principalmente o pagamento do auxílio emergencial. Antigamente chamado de Corporação Andina de Fomento, o banco informou que o dinheiro reforçará as medidas anticíclicas (de aumento de gastos em tempo de crise) para reduzir os feitos da pandemia. “Com este empréstimo, o CAF reforça seu compromisso com o Brasil ao promover a disponibilidade de recursos públicos para atender aos impactos econômicos e sociais gerados pela pandemia, por meio do pagamento de auxílio emergencial aos cidadãos mais vulneráveis do país”, afirmou Luis Carranza Ugarte, presidente-executivo