Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Turma Da Mônica

Turma da Mônica ilustra guia para retorno às aulas presenciais

Imagem
  A Turma da Mônica é a estrela de guia lançado hoje (22) com orientações para a prevenção do novo coronavírus em ambiente escolar. A cartilha Cuidados na Escola   tem a intenção de orientar as famílias do Brasil sobre o retorno às aulas presenciais, que tem ocorrido gradualmente em diferentes estados e municípios.  A cartilha foi elaborada pela equipe técnica do Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância (Unicef), das áreas de saúde, educação e WASH, que é a sigla em inglês para Água, Saneamento e Higiene. O guia inclui ainda informações e orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde e secretarias de saúde estaduais e municipais. Na visão do Unicef, é preciso reforçar alguns cuidados nesse retorno que se dá depois de meses sem que os alunos pudessem frequentar as escolas presencialmente. O guia, que é ilustrado pelos personagens do Bairro do Limoeiro, traz procedimentos de forma didática para que os pais, mães e re

Turma da Mônica é aliada no combate à violência contra a mulher

Imagem
Para contribuir com o enfrentamento à violência contra a mulher, a Turma da Mônica faz parte de vídeos em que incentivam relações saudáveis entre crianças e adolescentes. A ideia é disseminar valores relacionados ao respeito, tolerância e empatia entre estudantes de 7 a 17 anos, com expectativa de atingir de 700 mil a 1 milhão de alunos em todo o Distrito Federal (DF). A iniciativa, lançada hoje (5), em Brasília, é das secretarias de Segurança Pública e de Educação do DF, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e com a ONU Mulheres. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, o vídeo Juntos pela Igualdade, com a Turma da Mônica, é direcionado a crianças de 7 a 11 anos e aborda a importância do respeito às diferenças entre meninos e meninas. Já o vídeo “Papo Reto”, com a Turma da Mônica Jovem, ajuda adolescentes entre 12 a 17 anos a identificar comportamentos que podem levar a um relacionamento abusivo.  As animações, produzidas p