Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Aftosa

Prazo para declarar vacinação contra febre aftosa termina na sexta-feira

Imagem
Pecuaristas de Minas Gerais têm até a próxima sexta-feira (10/7) para comprovar a vacinação contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos de todas as idades. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) , vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) , continua recebendo as declarações exclusivamente de forma digital. O pecuarista pode comprovar a imunização dos animais pelo site  www.ima.mg.gov.br , usando o formato eletrônico de declaração. Caso tenha cadastro, o envio do documento pode ser feito pelo Portal de Serviços do Produtor. Outra opção é o envio do documento para o e-mail da unidade do IMA que atenda à região. O diretor-geral do IMA, Thales Fernandes, destaca a parceria com o produtor rural mineiro, que reconhece a responsabilidade e cuidado com a imunização do rebanho, medida que preserva a sanidade dos animais e abre mercados para o estado. “Gostaria de contar com a atenção do pecuarista para o encerramento do prazo para comprovar a vac

Vacinação de bovinos e búfalos contra a febre aftosa começa dia 1º de maio

Imagem
Aplicação permanece obrigatória e deverá imunizar 23,6 milhões de animais no estado Começa na próxima terça-feira, 1º de maio, a primeira etapa anual de vacinação contra a febre aftosa em Minas Gerais. Produtores rurais terão até 31 de maio para vacinar bovinos e bubalinos, independentemente da idade. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) , vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) é o órgão responsável pela gestão da campanha de vacinação em Minas Gerais e estima que deverão ser vacinados cerca de 23,6 milhões de animais. A vacinação do rebanho permanece obrigatória e é a principal forma de se prevenir contra a doença. O produtor que não vacinar os animais estará sujeito a multa de 25 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs) por animal, o equivalente a R$ 81,25 por cabeça. O mês de maio traz uma boa notícia para os pecuaristas de todo o país. Naquele mês, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) irá certificar co