Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Petrobras

PF e MPF investigam fraudes em licitações da Petrobras

Imagem
  Cerca de 60 policiais federais estão cumprindo, desde as primeiras horas da manhã de hoje (25), a 15 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos contra suspeitos de integrar um suposto esquema de fraude de licitações realizadas pela Petrobras. Os mandados estão sendo cumpridos em Brasília, João Pessoa, Cabedelo (PB) e Campina Grande (PB), com a cooperação do Ministério Público Federal (MPF). Em nota, a PF informou que, entre os alvos da ação, há executivos de grandes empreiteiras, mas nem as identidades pessoais, nem os nomes das empresas investigadas foram revelados. Ainda segundo a PF, os supostos crimes foram denunciados por executivos de uma empreiteira que assinaram acordos de colaboração premiada com o MPF, no âmbito da Operação Lava Jato, e continuam sendo investigados. Segundo os colaboradores, diretores da estatal petrolífera cujos nomes também não foram divulgados recebiam “pagamento si

Transpetro cria serviço gratuito de denúncias sobre furto em dutos

Imagem
  A Transpetro, subsidiária da Petrobras que atua na logística de transportes, lançou em sua página no Facebook o serviço Ligue Grátis 168, cujo objetivo é reforçar informações sobre segurança na faixa de dutos. Devido à pandemia do novo coronavírus, a empresa decidiu fazer este ano, de forma virtual, um alerta à população sobre os riscos que furtos em dutos podem trazer para as comunidades situadas no entorno dessas instalações. As denúncias sobre ações não autorizadas nos dutos podem ser feitas gratuitamente à Transpetro pelo número 168, que funciona vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana. O anonimato é garantido, disse a empresa, por meio de sua assessoria de imprensa. De acordo com a Transpetro, a luta contra a prática ilegal de furto de petróleo e derivados em dutos, conhecida como “derivações clandestinas”, tem apresentado resultados positivos. No primeiro semestre deste ano, aumentou em

Petrobras lança edital para arrendamento de terminal de regaseificação

Imagem
O edital de licitação para arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA) e instalações associadas, no estado da Bahia, foi publicado hoje (3) pela Petrobras. Segundo a companhia, o processo teve como base o Termo de Compromisso de Cessação de Prática para o Mercado de Gás Natural, fechado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), no dia 8 de julho do ano passado. A licitação será restrita às empresas aceitas na Convocação de Pré-Qualificação e o processo seguirá os atos e ritos previstos Lei das Estatais. “O arrendamento está alinhado com a estratégia da companhia de melhoria na sua alocação do capital e da construção de um ambiente favorável à entrada de novos investidores no setor de gás natural”, informou a Petrobras. De acordo com a companhia, o TR-BA tem um píer tipo ilha com todas as facilidades necessárias para atracação e amarração de um navio FSRU ( Floating Storage and Regasification Unit ) diretamente ao píer e de um navio

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 5% nas refinarias

Imagem
A Petrobras reajustou em 5% o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) nas suas refinarias. O aumento vale a partir de hoje (23). Com isso, o preço médio da Petrobras será equivalente a R$ 26,55 por botijão de 13kg. No acumulado do ano, o preço do gás de cozinha teve uma queda de 4,5%, ou de R$ 1,26 no botijão de 13 kg. A companhia destacou que, desde novembro de 2019, igualou os preços de GLP para os segmentos residencial e industrial/comercial. A Petrobras acrescentou que vende o GLP a granel. A companhia informou ainda que as distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final. De acordo com a Petrobras, os preços do GLP vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. Para a empresa, a par

ANP anuncia recomendações sobre gasolina de aviação

Imagem
A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) recomendou aos distribuidores que comercializam gasolina de aviação (GAV), combustível utilizado preferencialmente em aeronaves de pequeno porte, que, em substituição ao Registro de Análise estabelecido nos termos da Resolução ANP nº 5, de 2009, passem a emitir Boletim de Conformidade em todas as quantidades do produto. A orientação é resultado de uma investigação sobre possível contaminação da GAV distribuída no território nacional. A ANP informou, que, no dia 8 de julho, recebeu da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a informação sobre uma ocorrência de possível alteração do produto. Três dias depois foi a vez da Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves (Aopa) formalizar uma ocorrência. Segundo a ANP, no mesmo dia, a Petrobras divulgou um comunicado no seu site informando que, após testes realizados em seu centro de pesquisas (Cenpes), decidiu interromper, preventivamente, o fornecime

Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente

Imagem
A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (13), novo recorde de produção do diesel S-10, que é menos poluente. As refinarias processaram 1,6 milhão de metros cúbicos (m3) do produto, que tem baixo teor de enxofre, o equivalente a 10,3 milhões de barris. A informação foi divulgada em nota pela companhia. “Iniciada em janeiro de 2013, a produção do diesel S-10 vem crescendo nos últimos anos atendendo à maior demanda do mercado nacional. Esse movimento acompanha a evolução dos motores de veículos pesados e utilitários movidos a diesel, responsáveis pela maior parte da circulação de mercadorias no território nacional”, informou a Petrobras. Segundo a companhia, atualmente existem no Brasil dois tipos de diesel rodoviário: o S-500 e o S-10. Além do menor teor de enxofre, os produtos têm características específicas, como a diferença no número de cetano, índice que mede a qualidade de ignição, ou seja, quanto maior melhor. No diesel S-10, o índice chega a 48 e, no S-500, a 42.

Petrobras resgatou este ano 3.084 pinguins nas praias brasileiras

Imagem
O Projeto de Monitoramento de Praias (PMP), criado pela Petrobras em 2009 para atendimento de condicionantes ambientais de atividades de exploração e produção marítima de petróleo e gás, do litoral do Ceará até Santa Catarina, resgatou no primeiro semestre deste ano, nas praias que se estendem da Região Sul até o Espírito Santo, 3.084 pinguins. O número inclui até o dia de ontem (9). Os dados são atualizados diariamente. O PMP é desenvolvido em dez estados, ao longo da costa brasileira, à exceção de Pernambuco e da Paraíba, onde a Petrobras não tem operações no mar, cobrindo extensão de mais de três mil quilômetros. O PMP é considerado o maior programa do mundo de monitoramento de praias. De acordo com a gerente geral de Licenciamento Ambiental da Petrobras, Daniele Lomba, o principal objetivo do projeto é identificar “a correlação das nossas atividades com a fauna marinha, para verificar

Programas de demissões da Petrobras têm mais de 10 mil inscritos

Imagem
Os programas de desligamentos voluntários (PDVs) e de Aposentadoria Incentivada (PAI) da Petrobras receberam as inscrições de 10.082 trabalhadores. Isso representa 22% do atual quadro de funcionários, segundo informações da própria empresa. O PDV 2019, o primeiro dos três PDVs instituídos pela empresa, encerrou suas inscrições na última terça-feira (30) e atraiu o interesse de 9.405 trabalhadores, 94% dos funcionários alvos do programa. Os outros dois PDVs e o PAI ainda estão abertos para inscrições. As indenizações serão pagas ao longo dos próximos três anos. De acordo com a estatal, a redução de custo de pessoal até 2025 será em torno de R$ 4 bilhões por ano com a saída dos 10.082 inscritos nos programas.

Pandemia derruba produção de petróleo em maio

Imagem
A produção de petróleo no Brasil diminuiu 6,5% em maio de 2020, na comparação com abril, e aumentou 1,3% na comparação com o mesmo período de 2019. A produção de gás natural caiu 7,8% na comparação mensal e diminuiu 3% na comparação anual. Os dados estão no Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural, divulgado  hoje  pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção nacional no mês  de maio  foi de 3,485 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente por dia), com um total de 2,765 MMbbl/d (milhões de barris por dia) de petróleo e 114 MMm3/d (milhões de m3 por dia) de gás natural. Segundo a agência, os principais motivos da queda na produção foram a parada dos navios plataforma (FPSOs, da sigla em inglês) Mangaratiba e Cidade de Angra dos Reis e a restrição na produção das plataformas P-67, P-74 e P-76. “Durante o mês  de maio , 34 campos tiveram a suas respectivas produções interrompidas temporariamente devido aos efeitos da

Pandemia derruba produção de petróleo em maio

Imagem
A produção de petróleo no Brasil diminuiu 6,5% em maio de 2020, na comparação com abril, e aumentou 1,3% na comparação com o mesmo período de 2019. A produção de gás natural caiu 7,8% na comparação mensal e diminuiu 3% na comparação anual. Os dados estão no Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural, divulgado  hoje  pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção nacional no mês  de maio  foi de 3,485 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente por dia), com um total de 2,765 MMbbl/d (milhões de barris por dia) de petróleo e 114 MMm3/d (milhões de m3 por dia) de gás natural. Segundo a agência, os principais motivos da queda na produção foram a parada dos navios plataforma (FPSOs, da sigla em inglês) Mangaratiba e Cidade de Angra dos Reis e a restrição na produção das plataformas P-67, P-74 e P-76. “Durante o mês  de maio , 34 campos tiveram a suas respectivas produções interrompidas temporariamente devido aos efeitos da

Petrobras e IBP vão financiar projetos de ventiladores pulmonares

Imagem
Iniciativas para a produção de ventiladores pulmonares poderão contar com aporte de R$ 1,4 milhão para o desenvolvimento de projetos. A Petrobras e o Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP) lançaram hoje (28) edital público voltado para universidades, institutos tecnológicos e empresas que dominem a tecnologia dos equipamentos, necessários para os pacientes com a covid-19. O apoio não é só para a pesquisa clínica, mas também para os processos de registro e fabricação de ventiladores de baixo custo e baixa complexidade, destinados a hospitais públicos de todo país.  Os interessados devem inscrever seus projetos de hoje (28) a 2 de junho, seguindo as instruções do edital, que pode ser acessado na página do IBP na internet . O primeiro conjunto de projetos será apoiado na etapa crítica de passagem dos chamados testes in vitro (testes de desempenho com uso de pulmão artificial) para os testes in vivo (com animais e seres humanos). O edital pr

Bolsa sobe 7,1%, e dólar cai para R$ 4,64 em dia de recuperação

Imagem
Depois de um dia de perdas históricas e pânico global, a Bolsa de Valores recuperou parte das perdas, e o dólar teve a maior queda diária em seis meses. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (10) vendido a R$ 4,646, com recuo de R$ 0,08 (-1,69%). Em termos percentuais, foi a maior queda diária desde 4 de setembro do ano passado, quando a divisa tinha caído 1,79%. Pelo segundo dia seguido, o Banco Central (BC) vendeu dólares das reservas internacionais para acalmar o mercado. A autoridade monetária vendeu US$ 2 bilhões no mercado à vista. Para amanhã (11), o BC anunciou a venda de US$ 1 bilhão em contratos de swap cambial, que funcionam como venda de dólares no mercado futuro. O dólar acumula alta de 15,77% em 2020. Depois de ter recuado 12,17% ontem (9), o índice Ibovespa fechou o dia com alta de 7,14%, aos 92.214 pontos, maior alta para um único dia desde janeiro de 2009. As ações da Petrobras, que caíram quase 30% ontem, também se recuperaram. Os papéis ordinários (com voto e

Petrobras assina contrato para venda de quatro campos terrestres

Imagem
A Petrobras assinou contrato com a Eagle Exploração de Óleo e Gás Ltda. (Eagle) para venda de 100% de sua participação em quatro campos terrestres localizados na Bacia de Tucano, no interior da Bahia, por US$ 3,01 milhões. Em nota, a empresa informa que o valor da venda será pago em duas parcelas, uma de US$ 602 mil e outra de US$ 2,408 milhões no fechamento da transação, sujeito aos ajustes devidos. O acordo foi firmado ontem (9) e a primeira parcela, paga no mesmo dia. O fechamento da transação está sujeito ainda ao cumprimento de condições, como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os campos terrestres envolvidos na transação são Conceição, Quererá, Fazenda Matinha e Fazenda Santa Rosa. Eles estão localizados a cerca de 110 quilômetros da cidade de Salvador. Segundo a Petrobras, no ano passado, a produção média dos quatro campos foi cerca de 26 boe (medida que une barris de pet

Projeto Petrobras Cultural para Crianças tem inscrições abertas

Imagem
A Petrobras recebe a partir de hoje (10) inscrições de projetos culturais de artes cênicas de produtores interessados em obter patrocínio. As obras selecionadas precisam ser destinadas ao público infantil e incluir em suas turnês ao menos uma capital do Norte, Nordeste ou Centro-Oeste, além de uma cidade de até 150 mil habitantes em qualquer parte do país. A categoria artes cênicas inclui peças de teatro, circo e dança. O público-alvo dos projetos deve ser de crianças de até 6 anos de idade, e os espetáculos precisam estar prontos para ser apresentados em 15 de outubro. O projeto Petrobras Cultural para Crianças terá três etapas e deve destinar R$ 10 milhões ao todo. As próximas fases, ainda sem data de lançamento, receberão inscrições de projetos de animação e de feiras literárias, também destinados ao público infantil. Em entrevista à Agência Brasil, o gerente de Patrocínio e Eventos da Petrobras, Aislan Greca, explicou que não há uma meta de número de projetos a selecionar, ne

Petrobras anuncia venda da totalidade de ações da Petrobras Colômbia

Imagem
A Petrobras divulgou, hoje (6), informações para a venda de 100% de suas ações na Petrobras Colombia Combustibles, responsável por seus negócios de distribuição e comercialização de combustíveis e lubrificantes na Colômbia. Chamado de teaser, o conjunto de detalhes traz informações para possíveis compradores, como o volume de combustível vendido, a quantidade de unidades e os critérios de elegibilidade dos participantes. As ações que serão vendidas são detidas pela Petrobras Internacional Braspetro B.V. (PIB BV) e outras subsidiárias da Petrobras, e o projeto será assessorado pela UBS Brasil Serviços de Assessoria Financeira Ltda. Os próximos passos da venda ainda não têm data para serem divulgados. No teaser, a Petrobras descreve que as 124 estações de serviço da Pecoco estão em localizações privilegiadas, especialmente em Bogotá. O volume total de combustível vendido pela empresa foi de 605,8 mil metros cúbicos em 2019, depois de dois anos de crescimento. Segundo a Petrobras, a dec

Petrobras formaliza demissão de dois diretores

Imagem
A diretora executiva de Exploração e Produção da Petrobras, Solange Guedes, deixará o cargo no próximo dia 20. A data foi aprovada hoje (10) pelo Conselho de Administração da estatal, que decidiu também pela saída do diretor executivo de Desenvolvimento da Produção&Tecnologia, Hugo Repsold Júnior, no próximo sábado (12). Em nota, a empresa informou que Rafael Salvador Grisolia, Diretor Executivo Financeiro e de Relacionamento com Investidores, exercerá interinamente os cargos de Diretor Executivo de Exploração e Produção e também de diretor Executivo de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão. Eberaldo de Almeida Neto, diretor executivo de Assuntos Corporativos da companhia, ficará à frente interinamente da diretoria executiva de Desenvolvimento da Produção&Tecnologia, além do cargo de Diretor Executivo de Refino e Gás Natural que já vinha acumulando. A empresa informou, ainda, que ambas funções interinas terão um prazo máximo de 90 dias ou até que o Conselho de Admini

Nova área do pré-sal tem viabilidade para exploração de petróleo

Imagem
O TCU aprovou o 1º estágio de desestatização da 5ª rodada de licitações para outorga de blocos para exploração de petróleo e gás natural. O regime é o de partilha. Em decorrência da atuação do TCU, o CNPE alterou os parâmetros econômicos do certame, aumentando as alíquotas mínimas de partilha de dos blocos Saturno e Titã. O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou o primeiro estágio de desestatização referente à 5ª rodada de licitações para outorga de blocos, em áreas do pré-sal, para exploração e produção de petróleo e gás natural. A exploração se dá em regime de partilha de produção e a licitação foi realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O relator do processo no TCU é o ministro Aroldo Cedraz. O primeiro estágio refere-se aos estudos de viabilidade técnica e econômica utilizados na modelagem e na precificação dos blocos a serem outorgados. No regime de partilha, as empresas petrolíferas vencedoras dos leilões de campos de petróleo pagam

Produção do pré-sal cresce 3,3%, diz a ANP

Imagem
A produção dos campos brasileiros do pré-sal em julho totalizou 1,821 milhão de barris de óleo equivalente (petróleo e gás natural), um aumento de 3,3% em relação a junho. Os dados foram divulgados hoje (3), no Rio de Janeiro,  pela Agência Nacional do Petróleo e Gás Natural (ANP). Segundo a ANP, em julho os campos do pré-sal produziram 1,454 milhão de barris de petróleo por dia e 58 milhões de metros cúbicos diários de gás natural, por meio de 87 poços. Com o aumento da produção em junho, os campos do pré-sal passaram a responder por 55,1% de toda a produção nacional. A produção total de petróleo e gás natural nas bacias sedimentares do país em julho foi de aproximadamente 3,305 milhões de barris de óleo equivalente por dia. A produção de petróleo atingiu 2,575 milhões de barris de petróleo por dia, uma queda de 0,6% na comparação com o mês anterior, e de 1,8% em relação a julho do ano passado. Já a produção de gás natural somou 116 milhões de metr

Gasolina vendida nas refinarias está mais cara a partir de hoje

Imagem
O preço do litro da gasolina vendida nas refinarias aumenta nesta quinta-feira (30) de R$ 2,0829 para R$ 2,1079. Já o preço do diesel permanece estável em R$ 2,0316. O aumento obedece à política de preços da Petrobras para a gasolina e o diesel comercializados com as distribuidoras e que “tem como base o preço de paridade, formado pelas cotações internacionais". De acordo com a empresa, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. A Petrobras informa ainda que a gasolina e o diesel comercializados com as distribuidoras diferem dos produtos no posto de combustíveis. “São os combustíveis tipo A, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel também sem adição de biodiesel. Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis”. A empresa explica também, em seu

Petrobras obtém vitória no Carf em processo de R$ 8,4 bilhões

Imagem
A Petrobras obteve nesta quinta-feira (16), por unanimidade, decisão favorável das segunda turma da 4ª Câmara da 1ª Seção do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em processo no valor de R$ 8,4 bilhões movido pela Receita Federal. O órgão cobrava da estatal Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) obtidos com o desenvolvimento da produção de petróleo e gás natural relativo ao exercício de 2011. Tendo em vista decisões definitivas já proferidas pelo Carf em processos anteriores sobre a mesma matéria, a Petrobras disse, em nota, que as chances de a decisão ser revertida são remotas. Por este motivo, o processo não consta das demonstrações financeiras da companhia relativas ao segundo trimestre de 2018, quando a Petrobras anunciou um lucro líquido de R$ 10,07 bilhões, alta de 45% em relação ao primeiro trimestre e o melhor resultado desde 2011. Com o resultado, a Petrobras fechou o primeiro semestre do ano com um