Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Greve Caminhoneiros

Governo cede e aguarda fim da paralisação dos caminhoneiros

Imagem
O governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. A proposta foi anunciada na noite de hoje (27) pelo presidente Michel Temer, que fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. A título de comparação, o presidente disse que esse desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto. O governo federal concordou ainda em eliminar a cobrança do pedágio dos eixos suspensos dos caminhões em todo o país, além de estabelecer um valor mínimo para o frete rodoviário. Essas determinações deverão constar em medidas provisórias a serem publicadas em edição extra no Diário Oficial da União. A expectativa do Palácio do Planalto é que a paralisação, que já dura sete dias e causa enormes prejuízos e transtornos em todo o país, termine logo.

Veja como fica o funcionamento do transporte coletivo em Belo Horizonte nesta segunda, dia 28/5

Imagem
A operação do sistema de transporte coletivo da capital, nesta segunda-feira 28/05, será normal no horário de pico e com redução de 50% do número de viagens fora do horário de pico. Esta operação será possível porque as empresas de ônibus conseguiram repor parte do estoque de combustível.  Equipes da BHTrans vão intensificar a fiscalização para garantir o cumprimento do quadro de horários estabelecido. Será disponibilizado reforço em algumas linhas, principalmente na estação da Pampulha e também para atender a mobilidade da população que normalmente usa o carro nos deslocamentos, mas que não conseguiu abastecimento. Veja como fica o quadro de horários do ônibus nesta segunda-feira dia 28/05, operação começa as 4 da manhã: Das 4h às 9h: número de viagens normal Das 9h às 16h: operação com  50% do número de viagens Das 16h às 20h:  número de viagens normal Das 20h às 24h: operação com  50% do número de viagens Fonte: Site PBH

Pr​​efeito de Belo Horizonte decreta ponto facultativo nesta ​segunda-feira, dia 2​8

Imagem
Em razão do risco de desabastecimento de combustível no Município, o prefeito de Belo Horizonte decretou ponto facultativo nesta ​segunda-feira, dia 2​8​ de maio.​ O prefeito Alexandre Kalil convocou, também para esta segunda-feira, às 10 horas, uma reunião com todo o secretariado. Confira o funcionamento das repartições: Saúde • Terão funcionamento normal os seguintes equipamentos da Rede SUS-BH: - Unidades de Urgência do Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HOB). - Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s). - Central de Internações. - SAMU – 192. - Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAM’s). - Serviço de Urgência Psiquiátrica (SUP). Os outros equipamentos da Rede SUS-BH terão funcionamento com escala de 50% dos profissionais Educação  • A Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte informa que, nesta sexta-feira será ponto facultativo em todas as unidades da Rede Municipal de Educação e não haverá aulas nas escolas e Umeis. Parques e Zoológico • Pa

Caminhoneiros entram no segundo dia de bloqueio nas estradas

Imagem
As interdições de rodovias federais promovidas pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) serão mantidas nesta terça-feira (22). A expectativa da entidade é que, em função das indecisões do governo sobre o assunto e da nova alta no preço dos combustíveis, o movimento ganhe força nas próximas horas. Balanço divulgado ontem (21) pela Abcam contabilizou interdições em 19 estados. Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a mobilização foi ainda maior, atingindo 21 unidades federativas. No início desta manhã, a PRF já registrava 16 estados com pontos de rodovias interditados. De acordo com a assessoria da Abcam, cerca de 200 mil caminhoneiros aderiram ao movimento. “Nossa expectativa é que esse número fique ainda maior hoje, tanto do ponto de vista da adesão de caminhoneiros como do número de pontos interditados. Tudo motivado pela falta de retorno por parte do governo, ainda mais após ter sido anunciado o sexto aumento do preço dos combustíveis, em uma semana. Isso f