Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Bovinos

Rebanho bovino cresce em 2019, influenciado pelo cenário externo

Imagem
A Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM 2019), divulgada hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que o rebanho de bovinos, com 214,7 milhões de cabeças e alta de 0,4%, foi superado no ano passado pelo de galinhas, com 249,1 milhões de cabeças e elevação de 1,7%. Os suínos somaram 40,6 milhões de cabeças, redução de 1,6%, na comparação com o ano anterior. De acordo com o IBGE, a pecuária brasileira teve em 2019 influência do contexto internacional. Abalada pela peste suína e visando a atender o mercado crescente interno, a China importou do Brasil 497,7 mil toneladas de carne bovina, expansão de 54,4% ante 2018, ao mesmo tempo em que aumentava a importação de carne suína em 61,7%, o que levou o Brasil a registrar 244,1 mil toneladas desse produto. O rebanho bovino nacional cresceu 0,4% em 2019, depois de dois anos de retração. A Região Nordeste e o estado de Mato Grosso responderam pelo leve incremento, com aumentos de seus plantéis da

Embrapa realiza leilão virtual de animais

Imagem
  Mais de 800 animais serão leiloados pela Embrapa Pecuária Sudeste. O leilão virtual ocorre no dia 02 de setembro pelo Youtube . Estão na relação 140 bovinos da raça Canchim, 85 Nelores, 26 bezerros, 575 ovinos e 8 cavalos (4 éguas Puro Sangue Árabe e 4 machos Puro Sangue Árabe e Crioulo). A transmissão será feita pelo link https://bit.ly/314mnuR , com início às 19 horas. Os lotes de animais estarão disponíveis para visitação no dia do leilão entre as 14h e 18h. O regulamento e mais informações podem ser obtidos pelo email [email protected], da Embrapa, ou pelos canais de comunicação da empresa leiloeira [email protected], telefone (16) 3346-1575 e (16) 99992-5943. Veja o edital completo aqui . Serviço Leilão virtual de animais Data: 02 de setembro de 2020 Horário: 19 h Link: https://bit.ly/314mnuR Gisele Rosso (Mtb 3091/PR) Embrapa Pecuária Sudeste

Abate de suínos cresce no 2º trimestre e chega a 12 milhões

Imagem
  A produção pecuária do Brasil recuou no abate de bovinos e frangos entre abril e junho deste ano. O abate de suínos foi o único que teve crescimento, tanto em relação aos primeiros três meses de 2020, quanto frente ao segundo trimestre de 2019. Aumentou 5,9% de abril a junho de 2020, em relação ao mesmo período de 2019. Já o de bovinos caiu 9,7% e o de frangos, 1,6%, na mesma comparação. Se comparado ao primeiro trimestre deste ano, o abate de bovinos também registrou recuo, mas de 1,2%, e o de frangos de 7,2%. Nesse caso, o de suínos novamente teve resultado melhor e cresceu 1,6%. É o que mostram os primeiros resultados da produção animal entre abril e junho de 2020 das Pesquisas Trimestrais do Abate: primeiros resultados - 2º trimestre de 2020, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (13). Conforme a pesquisa, foram abatidas 7,17 milhões de cabeças de bovinos sob alg

Como será o mercado consumidor de carne bovina em 2040?

Imagem
  Entender o que o mercado consumidor deseja no futuro é de extrema valia para o planejamento da cadeia produtiva da carne bovina na busca por captura de valor. Nos próximos vinte anos, espera-se a eliminação de questionamentos sobre a segurança da carne e a possível eliminação de discurso anticarne, junto à melhoria da qualidade da carne com menor variação de preços e o crescimento da diferenciação das carnes por marcas de frigoríficos e fazendas serão propulsores do consumo de carne bovina nas próximas décadas.  Ainda neste cenário, o aumento da representatividade da carne orgânica e o uso de tecnologia para reabastecimento de carnes via eletrodomésticos inteligentes de forma direta estimularão o refinamento dos mercados de nicho.  Os pesquisadores do Centro de Inteligência da Carne (CiCarne) discorrem sobre " Como será o mercado consumidor de carne bovina em 2040? ”, no Boletim CiCarne, semana 1 o a 7 de agosto.     CiCarne Embrapa Gado de Corte