Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Óbitos

Austrália tem dia com mais óbitos pela covid-19 em 3 meses

Imagem
A Austrália registrou seu maior número diário de mortes relacionadas ao novo coronavírus em três meses nesta quinta-feira (23), e as infecções novas pela doença continuaram a aumentar no segundo Estado mais populoso do país. O Estado de Vitória confirmou mais 403 infecções, e cinco pessoas morreram devido à covid-19 nas últimas 24 horas. As mortes, entre elas um homem de cerca de 50 anos, assinalam o maior aumento diário de óbitos por covid-19 no país desde o final de abril. "Isto demonstra o fardo crescente que este vírus terrível está impondo à nossa comunidade", disse a ministra da Saúde, Jenny Mikakos, a repórteres na capital estadual, Melbourne. Como as autoridades se mostram incapazes de fazer as infecções novas recuarem dos dígitos triplos, os moradores de Melbourne e da maior parte do Estado agora estão sendo obrigados a usar máscaras fora de casa. Nacionalmente, a Austrália acumula cerca de 13 mil casos do novo coronavírus e 128 mortes. O aumento d

Covid-19: SP tem queda no número de óbitos pela 3ª semana seguida

Imagem
O estado de São Paulo voltou a apresentar queda no número de óbitos pelo novo coronavírus pela terceira semana consecutiva. Na semana passada, a 28ª semana epidemiológica, o estado teve 1.706 mortes pela covid-19. Na semana anterior haviam sido contabilizados 1.733 óbitos. O estado também apresentou a sua menor taxa de letalidade, que aponta a gravidade da doença calculando a proporção de óbitos sobre o total de casos. A taxa está agora em 4,8%, a menor desde o início da pandemia. “O número de óbitos caiu pela terceira semana consecutiva e São Paulo tem a menor taxa de letalidade da série histórica. Houve uma diminuição de 27 óbitos na semana que se encerrou no último sábado (11) em relação à semana anterior”, falou o governador de São Paulo, João Doria. “Estamos baixando e é a terceira semana consecutiva em que isto acontece desde o início da pandemia”, acrescentou. “São boas notícias, mas que devem ser celebradas com muita moderação e solidariedade também. Não é hora