Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Incêndios

MG realiza força-tarefa para combater incêndios florestas no estado

Imagem
  Uma força-tarefa composta pelos órgãos ambientais do estado de Minas Gerais, as Polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros vai atuar nas unidades ambientais mais atingidas por queimadas neste ano. Até o fim de setembro, de acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, houve um aumento de 49,5% no número de ocorrências de incêndios em unidades de conservação em relação a média histórica de 2013 a 2020.  Segundo a secretária de Estado de Meio Ambiente, Marília Mello, a situação é ainda mais grave por conta de uma das maiores secas da história de Minas Gerais e o foco da força-tarefa será no combate aos incêndios criminosos dentro e no entorno das unidades de conservação. Para intensificar a fiscalização, a Polícia Militar vai mobilizar todo o efetivo da Polícia Ambiental e batalhões de outras unidades. Além da fiscalização e do policiamento, a secretária informou que foram alugados 8 aviões para auxiliar no combate aos incêndios e contratados 367 brigadistas para atuar

Incêndios em Mato Grosso do Sul aumentam 74% com relação a 2019

Imagem
  Dados compilados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelam que o número de focos de queimadas e incêndio registrados em Mato Grosso do Sul já é 74% superior ao total verificado no mesmo período de 2019, o que obrigou o governo estadual a decretar situação de emergência ambiental no Pantanal. De 1º de janeiro até ontem (16), o satélite de referência (Aqua_M-T) acumulou sinais de 5.959 focos de calor em território sul-mato-grossense. No mesmo período de 2019 foram registrados 3.415 ocorrências. No ano passado, considerados os mesmos sete meses e meio, o estado já tinha registrado o resultado mais preocupante desde 2016: uma variação da ordem de 239% se comparados aos 1.006 focos de incêndios e queimadas identificados entre 1º janeiro e 16 de agosto de 2018. Já no Mato Grosso, o número de ocorrências se mantém praticamente estável em comparação ao ano passado. Imagens de satélite regist

Unidades de conservação reforçam cuidados contra incêndios florestais em Minas

Imagem
  O cuidado com as unidades de conservação administradas pelo  Governo de Minas , por meio do  Instituto Estadual de Florestas (IEF) , está sendo reforçado durante o período crítico de incêndios florestais. Além das já rotineiras manutenções em trilhas, aceiros, estradas e áreas de vegetação, os funcionários dos locais têm participado de atividades com as equipes da Força-Tarefa Previncêndio e Corpo de Bombeiros. Além disso, trabalhos de educação ambiental com comunidades do entorno sobre os riscos de queimadas, instalação de fiscalização preventiva e monitoramento em áreas de recorrência de incêndios também foram reforçados. Todas as atividades visam a prevenção e o combate ao fogo e têm sido realizadas conforme as medidas sanitárias determinadas pela  Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG)  para proteção dos servidores. O objetivo é melhorar o desempenho alcançado em 2019,  quando o Estado conseguiu reduzir em 21%, de acordo com a média histórica , a ár